sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Problemas na Escola


Eu sabia que a idéia do Graves da gente voltar pra escola era uma furada. Também, quem mandou eu me deixar convencer tão facilmente? Se eu soubesse do problema que eu teria com a bruxa da Bletchley, não teria passado nem perto da sala de aula.

Por mais que tenha sido um prazer ver os sebosos da turma darem um chilique e aquela monstra que se acha professora se dando mal, confesso que fiquei bolada. O Graves ficou lá, paradão, sem fazer nada e eu não tinha outra coisa a fazer além de sair fora.

Claro que a risada que eu dei ao fugir da sala foi desnecessária.

Mas Graves não precisava correr atrás de mim e me dar um empurrão. Também, não ajudou em nada ele me dar uma bronca. Eu estava em choque, não consegui ouvir nem metade do blá-blá-blá dele. Graves viu minha reação e baixou a bola. Ele não teria coragem de continuar brigando comigo, me vendo chorar como uma menininha.

Só não entendi aquela história de “namorada”. Quem esse moleque tá pensando que é?

2 comentários:

  1. É, eu sei bem como é isso....Já passei por coisas assim.

    ResponderExcluir
  2. Essas histórias sempre acontecem na escola. As vezes dá até raiva! ¬¬

    ResponderExcluir